Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Campus Matão
Início do conteúdo da página

IFSP Campus Matão

Publicado: Sexta, 29 de Janeiro de 2016, 21h30 | Última atualização em Quarta, 15 de Junho de 2016, 11h12 | Acessos: 6881

O Campus Matão

ifsp matao panoramico

O Câmpus Matão iniciou suas atividades como câmpus avançado de Sertãozinho, em 12 de agosto de 2010, em prédio provisório cedido pela Prefeitura Municipal de Matão. Em 23 de abril de 2013, a Resolução Ministerial nº 330 autorizou a emancipação organizacional do Câmpus Matão que, dessa maneira, passou a operar de modo independente.


Resultado dos esforços da Prefeitura de Matão, do IFSP, do Ministério da Educação (MEC) e da Rede Brasileira de Tecnologia de Biodiesel do Ministério de Ciência e Tecnologia (RBTB-MCT), que, conhecedores das necessidades da região, cujas principais atividades econômicas são a indústria sucroalcooleira, de alimentos e implementos agrícolas, o Câmpus Matão foi criado para oferecer, inicialmente, cursos tecnológicos nas áreas de Biocombustíveis e Alimentos. Posteriormente, como forma de atender à demanda crescente por qualificação, o câmpus passou a ofertar, também, o curso de Formação Pedagógica de Docentes da Educação Profissional em Nível Superior e, ainda, o curso de pós-graduação lato sensu “Álcool e Açúcar: das matérias-primas à produção e análise da qualidade”. É importante ressaltar, que desde 2012 o câmpus oferece cursos de capacitação e qualificação profissional de curta duração por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).


No ano de 2014, com a conclusão das obras de sua sede própria numa área construída prevista de 5.208,58m² em um terreno de 44.103,60m², o Câmpus Matão passou a operar com cinco blocos de edifícios interligados: Bloco Educacional, com 24 salas de aulas; Bloco de Laboratórios com equipamentos de última geração; Bloco de convívio com espaço para lanches e atividades; Bloco de apoio operacional; e o Bloco administrativo.


Atualmente a unidade conta com um ponto de ônibus em frente à sua portaria, pelo qual circula a Linha Vermelha de transporte urbano. A expansão do câmpus ainda prevê a construção de mais dois blocos de laboratórios, a construção de novo auditório, nova biblioteca, não obstante a construção de um complexo poliesportivo.


No que diz respeito ao seu quadro de servidores, o Câmpus Matão conta com um quadro de docentes altamente especializado, desses 56% são doutores e 40% de mestres. Em relação aos técnicos administrativos da unidade, mais de 95% já completaram o nível superior.

registrado em:
Fim do conteúdo da página