Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

PDI

Publicado: Segunda, 20 de Agosto de 2018, 09h13 | Última atualização em Quinta, 13 de Setembro de 2018, 13h31 | Acessos: 424

O que é o PDI?

O Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) é um documento que define a missão da Instituição e as estratégias para atingir as metas e objetivos, abrangendo um período de cinco anos. Faz parte do PDI a elaboração do Projeto Político Pedagógico e da Organização Didático-Pedagógica.

O novo PDI teve sua metodologia de elaboração aprovada pelo CONSUP e tem como princípio o planejamento participativo. Para tanto, a elaboração do PDI é de responsabilidade básica de quatro tipos de comissões: Central, Local, Sistematização e Temáticas.

As comissões temáticas e locais, deverão viabilizar o espaço de diálogo com a comunidade, interna e externa, através de Fóruns de Desenvolvimento Institucional em cada campus, como também realizar conferências de Desenvolvimento Institucional e pesquisas com dimensões quantitativas e qualitativas que definirão os abalizadores estratégicos do documento a ser composto.

 


 

2ª Audiência Pública - Apreciação das Propostas

 

As seguintes propostas foram submetidas à comissão local.

Proposta 1                                                    Proposta 2

 

A Comissão Local do PDI analisou as duas propostas recebidas e desdobrou em 5 propostas viáveis e, por isso, foram levadas para Audiência Pública no auditório do IFSP Matão, realizada às 19h do dia 12 de setembro.

 

Transmissão da 2ª Audiência Pública

Apresentação da Audiência

 

Proposta 1

  • Criação do programa de pós-graduação Stricto Sensu em Energias.

 

Proposta 2

  • Suspensão de oferta do curso de Especialização em Álcool e Açúcar.

 

Proposta 3

  • Suspensão de oferta do curso diurno em Licenciatura em Química para;
  • Criação de curso especial de Formação Pedagógica para não Licenciados na modalidade à distância (EAD).

 

Proposta 4

  • Suspensão de oferta do curso diurno em Licenciatura em Química para;
  • Criação de curso de Especialização em Ensino de Ciências da Natureza e Matemática na modalidade à distância (EAD).

 

Prosposta 5

  • Suspensão de oferta do curso diurno em Licenciatura em Química para;
  • Criação de curso especial de Formação Pedagógica para não Licenciados na modalidade à distância (EAD);
  • Criação de curso de Especialização em Ensino de Ciências da Natureza e Matemática na modalidade à distância (EAD).

Observação: nessa proposta, haveria a criação de ambos os cursos, porém, com número reduzido de vagas.

 

 

Nenhuma proposta foi aprovada. Portanto, o cenário atual será mantido.

 


 

1º Audiência Pública

Atualmente, a Comissão Local do PDI 2019-2023 está viabilizando as discussões para ampliação e atualização do plano de oferta de cursos e vagas.

Propostas nesse sentido serão recebidas pelo email pdi.mto@ifsp.edu.br, e deverão seguir as regras:

Para propor uma nova opção de oferta de curso, além da Justificativa de sua viabilidade, cada proposta deverá se adequar: 

  • ao impacto no desenvolvimento socioeconômico e cultural da região de abrangência da unidade;
  • à importância para o alcance das metas da unidade e do IFSP;
  • às informações sobre sobreposição de outros cursos na região de abrangência;
  • à otimização do uso de recursos físicos;
  • à otimização dos recursos humanos, com plano de adequação do quadro de servidores, plano de atualização dos Projetos Pedagógicos de Curso (PPCs) se for o caso.

Nesse sentido, as propostas serão analisadas previamente pela comissão que irá deferir ou indeferir as matérias de acordo com as regras do edital.

 

Transmissão da 1ª Audiência Pública

Apresentação da Audiência

Planilha de Impacto

Edital para recebimento de propostas 

 

Legislação Pertinente

 

LEI No 10.861, DE 14 DE ABRIL DE 2004. Institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES e dá outras providências.

DECRETO Nº 9.235, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2017. Dispõe sobre o exercício das funções de regulação, supervisão e avaliação das instituições de educação superior e dos cursos superiores de graduação e de pós-graduação no sistema federal de ensino.

LEI Nº 11.892, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências.

LEI Nº 13.005, DE 25 DE JUNHO DE 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências.

PORTARIA MEC Nº 818, DE 13 DE AGOSTO DE 2015. Regulamenta o conceito de Aluno-Equivalente e de Relação Aluno por Professor, no âmbito da Rede Federal Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

PORTARIA nº 25, 13 DE AGOSTO DE 2015. Define conceitos e estabelece fatores para fins de cálculo dos indicadores de gestão das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

DECRETO Nº 5.840, DE 13 DE JULHO DE 2006. Institui, no âmbito federal, o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos - PROEJA, e dá outras providências.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página